× InovaTe Logo início histórias quem somos contato login área exclusiva
InovaTe

InovaTe
18 de dezembro de 2016

Dia de Brincar de Hacker

O Dia de Brincar de Hacker foi a primeira ação da InovaTe e foi inspirado em evento similar, o Kids Hack Day, iniciado na Suécia e que já teve edições na Espanha, Colômbia, e Curitiba, no Brasil. Colaborou com a inspiração e a concepção do Dia de Brincar de Hacker Murilo Polese, um dos idealizadores do Kids Hack Day sueco.
Durante o evento, as crianças tiveram oportunidade de participar dos espaços de interação e experimentação onde criaram objetos, misturaram tecnologias digitais a itens do dia-a- dia e puderam materializar as mais variadas ideias. Em cada estação, as crianças deparavam-se com oportunidades de desafiar sua criatividade e, auxiliadas pelos instrutores, passaram um dia de “hacker”. As invenções incluíram ímãs de geladeira personalizadíssimos, laranjas que emitiam som ao serem programadas no computador, canetinhas que desenhavam sozinhas, esculturas em termoplástico moldável e um abacaxi impresso em plástico PLA em uma impressora 3D.

O encontro aconteceu n’OPARQUE, espaço criativo dedicado à arte, design e educação, local de referência de economia criativa, tecnologia e inovação.

Estação Boas Vindas

Logo de cara, com bom humor para quebrar o gelo entre as crianças e explicar como funciona o evento. Elas foram convidadas a confeccionar seus próprios crachás, fazer uma brincadeira com todo mundo e entender o que é ser hacker afinal. Ao final do evento, uma das crianças explicou o que tinha entendido que é ser hacker: é quem consegue criar suas invenções, transformar suas ideias em alguma coisa de verdade. E completou: “Eu vou querer ser um hacker!”

Estação Impressão 3D:

Essa estação foi pensada para dar suporte à galerinha para projetar e imprimir em 3D usando plástico PLA. Alí elas conseguiram ver uma ideia saindo da cabeça pra tela do computador, e da tela pra impressora, fazendo tudo acontecer na hora!

Estação Macunaímãs:

Utilizando como suporte o ímã de geladeira, as crianças aprenderam como construir um personagem e criar seu repertório visual, a partir da definição da sua identidade e das suas características físicas. Cada criança recebeu um kit com materiais necessários para experimentar, recortar, colorização e montar os ímãs interativos.

Estação Solda:

Nesse ambiente a garotada foi convidada a projetar e construir braceletes de EVA com decoração usando baterias e leds coloridos. Muita cola quente e solda! Aqui predominou a criatividade e a gambiarra.

Estação Modelagem:

Aqui são usados diversos tipos de materiais plásticos para modelagem. O grande hit da estação é um polímero termo sensível que é moldável quando aquecido a 50ºC e endurece à temperatura ambiente permitindo construir e desconstruir o que se deseja inúmeras vezes.


Estação Luz, Movimento e Energia:

Essa estação trouxe várias possibilidades de criação para as crianças, que ficaram deslumbradas ao criar dispositivos (com canetinhas) que desenham sozinhos, mini abajures e até uma versão simples de um rádio!

Estação Tudo se Conecta:

Utilizando circuitos integrados e programação básica com Scratch, as crianças descobriram que elas podem tocar um instrumento musical ou jogar video game fazendo laranjas ou até mesmo seus colegas de ‘teclas’. Demais!

Fotografias: Kristina Gonçalves
Pra sentir um pouco como foi esse dia incrível, é só conferir o vídeo aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nome *